terça-feira, 26 de abril de 2011

Páscoa: a celebração de um Jesus vivo

Luciano Motta

Por que tantas pessoas sabem a respeito de Jesus e não se convertem a Ele, não O encontram?

E por que muitos que já receberam Jesus em suas vidas tem tão pouco fervor e paixão por Ele?

Encontro uma explicação a partir da leitura de Marcos 16.1-3:

"E, passado o sábado, Maria Madalena, e Maria, mãe de Tiago, e Salomé, compraram aromas para irem ungi-lo. E, no primeiro dia da semana, foram ao sepulcro, de manhã cedo, ao nascer do sol. E diziam umas às outras: Quem nos revolverá a pedra da porta do sepulcro?"

Aquelas mulheres estavam indo até a sepultura pensando encontrar Jesus morto.

Assim também é com muitas pessoas: a expectativa de encontrar Jesus é morta porque ainda não conheceram o Jesus vivo! Mesmo entre os que se dizem crentes, muitos cantam nos cultos, levantam suas mãos para adorar, se matam de trabalhar para a "igreja-instituição", mas tudo é apenas costume, como perfume-para-embalsamar-um-Jesus-morto.

Mas Jesus está vivo! Precisamos buscá-Lo com essa certeza, com essa expectativa. Então vamos encontrá-Lo. Na verdade, Ele mesmo se mostrará a nós: "E, indo elas a dar as novas aos seus discípulos, eis que Jesus lhes sai ao encontro, dizendo: Eu vos saúdo. E elas, chegando, abraçaram os seus pés, e o adoraram" (Mateus 28.9).

Muitos são como Tomé: precisam ver as marcas, tocar as cicatrizes (João 20.24-28). Ou seja: dependem do milagre para crer. Vão aos cultos esperando a bênção, a vitória. Tem uma motivação errada. Sem sinais e maravilhas não conseguem encontrar Jesus. Mas "bem-aventurados os que não viram e creram" (João 20.29)! Há uma promessa: sinais seguirão aos que - primeiro - crerem. Jesus se mostrará àqueles que O buscam pela fé e O amam acima de tudo.

Outros passam a vida inteira como os discípulos de Emaús: Jesus está com eles, mas não O reconhecem, porque não tem entendimento das Escrituras (Lucas 24.13-32). Sem revelação da Palavra jamais conseguiremos ver o Verbo que se fez carne e habitou entre nós. Precisamos da revelação de quem Ele é, conhecê-Lo na Palavra, obedecer Seus mandamentos.

Pense nisso: se a sexta da paixão é marcada pela morte de Jesus, domingo é o dia de Sua ressurreição! O sepulcro está vazio! Essa é a razão da nossa fé - Jesus vivo, ressurreto, que em breve voltará e estabelecerá Seu Reino. Portanto, adore e sirva com alegria e fervor Àquele que venceu a morte. Tenha grandes expectativas e encontre Jesus todos os dias - Sua vida, Sua paz, Sua justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário