terça-feira, 8 de novembro de 2011

Os mensageiros dos últimos dias

As Escrituras proféticas não nos levam a crer que os últimos derramamentos do Espírito virão para nos introduzir numa "utopia" espiritual antes da volta de Cristo. À medida que a Igreja está caminhando para a maturidade e a última colheita está entrando, as condições do mundo continuarão a deteriorar-se. As tendências que vemos agora na sociedade, que apontam para a sua desintegração final, não serão revertidas pelo derramamento do Espírito. Angústias para as nações e tribulação para a igreja são previstas pelo Espírito para o tempo do fim.


Mas a crescente escuridão fará somente com que a luz resplandecente do povo de Deus se destaque com mais brilho. Deus vai fechar esta era da mesma forma como a iniciou. Grande poder e glória na igreja, grande vitória sobre Satanás, porém num contexto de grande perseguição e oposição. A diferença é aquilo que no início estava confinado a um pedacinho do planeta, no fim abrangerá o mundo inteiro. Creio que os melhores capítulos da longa história da igreja ainda devem ser escritos e que se dirá da geração que trouxer o Rei de volta: "Este foi o seu melhor momento!".

Trecho do Livro "Chuva do Céu", de Arthur Wallis.
Extraído do blog de Carolina Sotero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário