sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Notas

Luciano Motta

Minha filha Luana começou a tocar teclado. Chegou para mim na terça e disse que queria aprender. Tomou lugar diante do instrumento e executou as primeiras notas (e até acordes!) depois de duas aulas.

Um fato me marcou logo de saída: Luana foi às lágrimas depois de insistir em um exercício e não conseguir executá-lo. Ela queria porque queria fazer o exercício com perfeição. Seus dedinhos não atacavam as teclas direito pela miudeza de seus seis anos. Chorou porque teve de parar e ir dormir.

Quase que imediatamente, perguntei a mim mesmo: Quando foi a última vez que chorei por não conseguir executar o que meu Pai me ensinou?

Nenhum comentário:

Postar um comentário