sábado, 7 de setembro de 2013

"Um lugar para Deus" - Conferência A Igreja como Casa de Oração



Por Michael Duque Estrada - Síntese da palavra da segunda noite (sexta-feira, dia 06/09)

Sempre foi a vontade de Deus morar na terra – Gen 2 / Apoc 21 e 22

No Éden havia a árvore da vida no centro do Jardim. No fim dos tempos, também há menção a árvore da vida – o Jardim é como Sião Celestial, a Nova Jerusalém.

O pecado fez com que o homem se afastasse dessa realidade.

É preciso que haja pessoas com um peso para construir um lugar para Deus na terra.

Salmo 132 – a maior aflição de Davi: não descansar enquanto não construir um lugar para Deus.

Precisamos sair do lugar religioso e entrar em um lugar de angústia, para construirmos um lugar para Deus. O mesmo zelo que estava sobre Davi foi manifestado por Cristo ao entrar no templo e revirar as mesas dos cambistas.

Davi constrói uma tenda, põe ali a arca do Senhor e banca de suas próprias finanças um grande número de levitas para adorarem a Deus continuamente. Isso remete a Apoc 8.

O que aconteceria se Deus se hospedasse em São Gonçalo por 10 anos?

Lucas 10.38 – Betânia – Jesus ia a Jerusalém para trabalhar, mas retornava a Betânia para recostar a cabeça e descansar. Lá moravam Maria (adorava a divindade de Jesus) e Marta (servia a humanidade de Jesus). E ainda havia Lázaro ressuscitado.

2 Reis 4 – a ressurreição do filho da Sunamita – Ela preparava o ambiente para hospedar o profeta. Ela construiu um quarto para ele. Então, o profeta mandou dizer à mulher: o que você quer que eu te faça? Quando construirmos um lugar para Deus em São Gonçalo, Ele nos perguntará: o que vocês querem que eu faça na cidade?

Nos tempos de Ageu, as pessoas estavam preocupadas com suas coisas, enquanto a casa de Deus estava em ruínas.

Nosso chamado primeiro é o sacerdócio – precisamos nos conectar com o que já está acontecendo. Existe um mover do Espírito sobre nós – precisamos ver quem somos nós nisso!

Existem pessoas que serão integrais no mover de oração; outros irão cooperar nas finanças; outros serão enviados às nações e aos lugares áridos no Brasil, como o sertão nordestino; e assim por diante.

Quem eu sou nisso, Senhor? O que o Senhor está fazendo?

Libera o Teu Zelo!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário