terça-feira, 9 de dezembro de 2014

"Uma nova ordem de sacerdotes"

ESCOLA DE ORAÇÃO BETÂNIA 2014
Síntese da palavra de sábado, 06/12 - Kirk Bennett

Êxodo 19.5-6 trata de um dos maiores desejos de Deus. Ele tem muitos caminhos, muitos nomes. Existem muitas maneiras de se aproximar Dele, muitos aspectos de Sua natureza para se conhecer Dele. Esse texto é uma porta de entrada para conhece-Lo de uma forma mais profunda.

“Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança” – Deus está falando com todo o povo, não só com Moisés. Obediência tem a ver com ouvir, seguir a voz de Deus. Nós vamos ouvir a Sua voz. Isso é mais do que cumprir mandamentos. A aliança está relacionada à intimidade – o mesmo nível de aliança de pessoas que ficam noivos (ver Jeremias 33.10-11).

São duas condições: Sua voz e Sua proposta de casamento. Se respondermos sim, seremos: “propriedade peculiar dentre todos os povos da terra” – um tesouro especial, o presente mais especial que um rei poderia ter. A primeira palavra usada para descrever o povo de Deus depois de Adão e Eva.

Seremos também: “um reino de sacerdotes e nação santa” – não é uma tribo sacerdotal. No Velho Testamento, a tribo sacerdotal era a de Levi. Apenas seus descendentes são permitidos para exercerem a obra dos levitas, e apenas a descendência de um dos filhos exercia o sacerdócio. Mas a promessa de Deus se refere a um reino. O plano de Deus é que todo Seu povo tenha acesso direto a Ele.

O sacerdócio tem acesso direto a Deus – o tipo de relacionamento mais próximo de Deus.

O povo responde: “tudo o que o Senhor falou, faremos” (v.8). Mas nada fizeram. Eles não tinham poder para fazer isso. Seus corações eram corruptos, não tinham qualificação para se tornarem sacerdotes por sua própria força. E nós também não podemos. Precisamos Dele.

Sendo sacerdotes, temos acesso direto a Deus. Pessoas podem entrar aqui no templo agora e terem acesso às mãos de Deus, como no átrio exterior. Mas apenas os levitas entravam no Santo Lugar, e só os sacerdotes tinham acesso ao Santo dos Santos. No Sinai, Moisés desejou ver Deus face a face. Poucos tem acesso a esse lugar.

Em todo o Velho Testamento, a Palavra se refere ao Ungido, ou o Renovo – é uma profecia a respeito de uma pessoa que está por vir. Jeremias 23 e 33 fala do Renovo do Senhor que vai se levantar e será “Deus, a nossa Justiça”. Em Zacarias 6 fala do Renovo. Em Zacarias 3.8, Deus fala com Josué, o Sumo Sacerdote daquela época, e se refere a ele e a seus companheiros como “homens de presságio” – Ele fala do Renovo, um ramo de santidade e justiça, uma figura de Cristo. Deus tem uma aliança com Judá e com Levi.

“Porque eis aqui a pedra que pus diante de Josué; sobre esta pedra única estão sete olhos; eis que eu lavrarei a sua escultura, diz o Senhor dos Exércitos, e tirarei a iniquidade desta terra, num só dia” (Zacarias 3.9). Os sete olhos sobre a pedra são os olhos que estão olhando todos os corações humanos. Quando abrimos a Bíblia, há sete olhos observando nosso coração, o próprio Deus olhando para nós. Podemos dizer muitas coisas, mas Deus vê o coração – todas as verdades e todas as mentiras.

Esse verso fala de um dia em que o povo de Deus vai viver a plenitude da terra e da vida espiritual.

“Assim diz o Senhor dos Exércitos: Eis aqui o homem cujo nome é Renovo; ele brotará do seu lugar e edificará o templo do Senhor. Ele mesmo edificará o templo do Senhor e será revestido de glória; assentar-se-á no seu trono, e dominará, e será sacerdote no seu trono; e reinará perfeita união entre ambos os ofícios” (Zacarias 6.13) – O Messias virá e um dia Ele estará assentado em um trono.

Gênesis 14 – Melquisedeque significa “Rei Sacerdote” ou “Rei de Justiça”. Ele é Rei de Salém ou “Rei da Paz”. Cristo vai herdar todas as nações da terra.

Salmo 2 e Salmo 110 – Davi viu o Pai e o Filho conversando. O Salmo 110 é o texto mais citado no Novo Testamento. O verso central é: “Tu és sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque” (v.4). Mas o sacerdócio era da ordem de Levi. O que está nessa passagem é que no céu existe um sacerdócio que não tem fim nem um começo – um sacerdócio que sempre existiu.

O Natal é a celebração do Filho de Deus vindo à terra como um bebê. Isso é maravilhoso! Como Ele se tornou sua própria criação? Ele se fez o segundo Adão. Como? Isso é um mistério! Pense em Maria trocando as fraldas de Deus, ensinando Deus como falar. Isso é um mistério maravilhoso!

Pois Davi viu algo extraordinário sobre Cristo antes de Sua vinda à terra. Ele viu Cristo assentado à direita do trono de Deus. Cristo é nosso eterno Rei Sacerdote. Davi então moldou o tabernáculo com a compreensão acerca desse sacerdócio. Reuniu as tribos e resolveu trazer de volta a arca para Jerusalém, mas os bois tremeram e Uzá foi morto ao pôr as mãos na arca. Então, a arca ficou três meses na casa de Obede-Edom, e Davi ficou batalhando em duas guerras. Davi buscou a revelação da ordem correta, mas não seguiu exatamente o que se esperava da ordem levítica. Ele se vestiu como um sacerdote, dançando com todas as suas forças diante do Senhor. Creio que durante esses três meses, Davi foi arrebatado aos céus e viu o que está no Salmo 110.

Nós entramos em uma nova ordem de sacerdotes. Cada ordem tem o seu modelo.

Zacarias 4 – “pelo Espírito” se dará a construção da casa do Senhor. Agora mesmo, em todo o mundo, as pedras vivas estão sendo colocadas nos seus lugares. Então Cristo descerá dos céus. Deus estará habitando novamente na terra. Mas isso não vai acontecer pela tecnologia ou pela habilidade humana. Deus fará do jeito que Ele quer. Muitos ministérios estão sendo construídos, muitas casas, mas se a construção não estiver sendo feita pelo Espírito, se não forem lugares de encontro, não serão a casa de Deus.

1 Pedro 2.9 – Cristo é a pedra de esquina. A pedra de tropeço se tornou a pedra de esquina. Somos raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus. Ele quer um reino de sacerdotes. Nós somos esse reino, somos essa nação, esse tesouro peculiar.

A aliança não tem a ver com regras, mas com sermos íntimos Dele, estarmos com Ele, negarmos a nós mesmos e segui-Lo. Não vivemos como queremos. Se fizermos isso, seremos Seu tesouro peculiar. Teremos acesso diário ao trono de Deus.

Apocalipse 5.7 – Ninguém foi achado digno de tomar o livro ou de olhar para o livro. O Cordeiro tomou o livro da mão direita (o poder completo de Deus). Ele não pediu, Ele tomou. Todos se prostraram e cantaram uma canção, com cinco características da Sua dignidade (v.9):

1- Foi morto
2- Comprou para Deus com Seu sangue
3- Redimiu homens de toda tribo, raça, língua e nação
4- Fez para Deus um reino de sacerdotes
5- Reinarão sobre a terra

O GRANDE PROBLEMA: esse sacerdócio foi dado a nós por Cristo, que entrou além do véu, rasgou o véu, como um precursor, para que também pudéssemos entrar lá. Mas apenas como sacerdotes podemos entrar lá. Ele nos separou como um reino de sacerdotes para isso, mas a maioria de nós nunca fez isso. Somos sacerdotes para sempre na mesma ordem sacerdotal de Cristo, a ordem de Melquisedeque, mas a maioria de nós nunca ouviu uma hora de mensagem sobre essa ordem. Esse sacerdócio faremos para sempre.

Dizemos que Cristo é nosso Noivo, e vamos nos casar com Ele, e falamos que temos intimidade com Ele, mas não sabemos qual é o trabalho Dele para sempre. Não sabemos qual é a ordem de Melquisedeque. Não sabemos qual é a paixão eterna Dele. Como Ele pode ser o nosso amado se não sabemos disso?

Gastamos tempo ocupados com nossos desejos, nossos planos. Mas quanto tempo estamos buscando os anseios Dele, a paixão Dele?

O sacerdócio de Melquisedeque será revelado à igreja. Conforme o tabernáculo de Davi estiver sendo restaurado, essa revelação aumentará. Quem somos nós para sempre? Quem Ele é para sempre? Deus está vindo para nos dar revelação – vamos aprender a nos movermos entre o céu e a terra. Muito pouco do atual Cristianismo vai permanecer depois dos abalos que estão por vir. Mas o sacerdócio de Cristo vai permanecer, é eterno.

“Suba aqui” – uma dimensão onde apenas sacerdotes podem entrar.

Um comentário:

  1. Muito bom, fiquei encucado com a questão do sacerdócio de Melquisedeque. De fato nunca ouvi.5 mim. sobre o assunto. Preciso meditar mais, aprender e buscar sobre essa questão. Muito obrigado irmão.

    ResponderExcluir