sábado, 14 de maio de 2011

Conferência: Revolução de Elias - 3ª noite








Breve síntese da mensagem ministrada pelo Pr. Michael Duque Estrada

Hebreus 11.38-40

As coisas vão piorar nos últimos dias. O nível da maldade vai aumentar. Mas a igreja brilhará como nunca antes na história.

Jesus não irá voltar sem que haja uma noiva na terra. É preciso uma geração que prepare essa noiva.

Existe muita movimentação, e pouca profecia.

Deus quer uma geração que feche a história. Ele libera palavras, mas ninguém se amolda a elas. É necessário posicionamento.

2 Pedro 3.10-12

Que tipo de pessoas devemos ser? Aqueles que vivem em santidade e piedade, aguardando e esperando (ou apressando) a volta de Jesus. Piedade é andar em fidelidade de acordo com o que cremos.

Se tivermos visão, vamos ansiar pela segunda vinda.

Zelo = ter ciúmes. Precisamos do mesmo sentimento de Deus diante do pecado e da injustiça.

João Batista nasce de Zacarias e Isabel. Seu pai era incrédulo e sua mãe, estéril. De pais assim Deus levantará uma geração de profetas.

O Espírito de Elias vem, mas também Jezabel = mentalidade de passividade, de promiscuidade, de aborto. Gera violência. Não impede o culto ao Senhor, por permitir devoção a mais de um deus.

Será que filhos estão sendo sacrificados por causa de pais que edificam o que Deus rejeitou?

Estamos tolerando imoralidade.

O feminismo foi gerado e se mantém em feridas - despreza a figura do homem, paterna. Mulheres estão casando já separadas.

O zelo pode te custar muitas coisas, mas te dará um galardão.

Vestes na Bíblia falam de caráter. João Batista se vestia como Elias, alguém que assume a missão. Precisamos assumir a missão dos últimos dias.

Mel e gafanhotos - comida é uma representação da vontade. Aponta para uma vida de abstinência em prol da vontade de Deus.

Santo = Incomum

João 5 - João Batista ardia e iluminava. Precisamos trazer a revelação de quem é o Noivo e de quem é a noiva.

1 Reis 18.30 - Elias repara o altar.

Queremos que os políticos façam o que não fazemos em casa - honrar a família.

Elias restaura o altar do holocausto - um altar coletivo. Nesse sacrifício, nada sobrava para o sacerdote. Tudo ficava para Deus.

É preciso famílias edificando altares em suas casas. Não há movimento de oração sem altar.

Esdras 3.1-3 - Edificam o altar como um só homem = unidade.

A restauração de todas as coisas em Malaquias 4.4-5, Mateus 17.10-12 e Atos 3.19-21 é a restauração da família.

Não existe igreja gloriosa sem família gloriosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário